Pastoral da Saúde

Matriz Sagrada Família


PASTORAL DA SAÚDE

A palavra pastoral deriva de pastor, ou seja, aquele que cuida, guia, orienta seu rebanho. Qualquer pastoral representa uma ação organizada e realizada pela Igreja em união com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, realizada por voluntários, pessoas que agem com gratuidade em nome da fé, dando continuidade à Missão de Jesus.

Na área da saúde, significa uma ação comunitária em favor da vida e da dignidade humana.

“A Pastoral da Saúde foi compreendida em Aparecida (2007) como sendo “a resposta às grandes interrogações da vida, como o sofrimento e a morte, à luz da morte e ressurreição do Senhor” e, empenha-se em evangelizar com renovado ardor missionário no mundo da saúde, e contribuir para a construção de uma sociedade justa e solidária, a serviço da vida. “(cf. Guia do agente da Pastoral da Saúde no Brasil)

Em São Caetano começou os trabalhos no complexo hospitalar Maria Braido em 2012.  Em 2013 o padre Kleber nos convidou para implantarmos esse ministério em nossa Paróquia. Eu topei, mas com a condição de ajuda-lo e depois me retirar.

Após estudar as dimensões da Pastoral: a solidária que o trabalho junto aos doentes, idosos, hospitais, onde houver necessidade, buscando atender a pessoa integralmente nos aspectos físico, psíquico social e espiritual; a dimensão comunitária, que atua na promoção e educação para a saúde, promovendo debates, palestras e encontros educativos sobre doenças, alimentação, saneamento básico e higiene; a dimensão político-institucional que atua junto aos órgãos e instituições públicas e privadas, para que haja reflexão bioética e humanização, formação ética e política de saúde, fiscalizando e sugerindo ações, acabei me apaixonando pelo trabalho missionário na Pastoral da Saúde e, estou até hoje.

Em São Caetano do Sul, todos os hospitais, antes da pandemia de corona vírus, eram visitados pelos nossos agentes. Às quintas-feiras são celebradas missas na capela do hospital Maria Braido onde os doentes são assistidos também pelos nossos irmãos evangélicos. Todos os anos os agentes participam de uma romaria a Aparecida do Norte, quando após a missa é realizada uma reunião com a Direção Nacional.

No mês de setembro de cada ano, também temos o Congresso Nacional da Pastoral da Saúde que acontece na Faculdade São Camilo (Ipiranga-SP).

Bimestralmente temos reunião de toda as Pastorais da Saúde das Paróquias de São Caetano, onde trocamos ideias e participamos de excelentes momentos formativos. Para a visita aos Hospitais, estes também exigem e dão formação capacitiva, para que os agentes estejam em sintonia com seus métodos de trabalho.

Aqui na Matriz SF somos em 8 participantes ativos levando todas as sextas-feiras a palavra e a comunhão eucarística para os idosos da clínica, fazendo abordagens festivas na ocasião da Páscoa e Natal.

Como diz Sto. Agostinho: “Deus não será maior se você o respeitar, mas você será maior se O servir”.

“Que esta jornada suscite em nós a sensibilidade e o desejo de levar ajuda material e espiritual aos doentes que vivem entre nós, especialmente os mais graves e os mais sós”. (Papa Francisco).

Carlos Dalpino


 



Equipe da pastoral da saúde - Matriz


Pastoral da saúde hospitalar - hospital Maria Braido


Levar a Boa nova aos que mais precisarem do teu amor , Senhor!

ESTATUTO DA PASTORAL DA SAÚDE NACIONAL ESTATUTO DA PASTORAL DA SAÚDE NACIONAL